Social Icons

14 de fev de 2014

Moradores fecham estrada vicinal em Miranda do Norte

Moradores dos povoados Campestre, Cariongo I, II e III, Pindoval e Olho D’aguado município de Miranda do Norte interditaram na manhã desta terça-feira (18) uma estrada vicinal que dá acesso a linha férrea da Vale na altura do povoado Campestre.

Os manifestantes protestam contra o impacto que caminhões carregados com pedras britas vêm causando no asfalto da rodovia, que segundo a prefeitura municipal, já foi recuperada diversas vezes.

Ainda segundo os moradores, no local estão mais de vinte caçambas que estão levando material para obras de duplicação da rodovia. Os manifestantes devem parar com a interdição após algum representante da empresa Vale ir conversar com a comunidade.
Em contato com a assessoria da prefeitura de Miranda do Norte, os manifestantes ameaçam fechar a Estrada de Ferro Carajás (EFC) caso o impasse não seja resolvido.

Em nota encaminhada ao Blog "Alvorada é Noticias" , a Vale informou que “mantém diálogo aberto e constante com a comunidade de Campestre, localizado no município de Miranda do Norte, tendo, inclusive, já realizado melhorias ao acesso no sentido da locação 8 da Estrada de Ferro Carajás (EFC), objeto da manifestação”.

Ainda segundo nota, diz acreditar que qualquer ato público deve respeitar o Estado Democrático de Direito e o direito constitucional de ir e vir das pessoas e de seus colaboradores e adotará as medidas judiciais cabíveis para garantir a liberação do acesso.


Da Redação
 
 
Fawkes Web e Serviços