Social Icons

11 de mar de 2015

Casas populares do programa "Minha casa e Minha Vida" são vendidas e alugadas ilegalmente em Itapecuru.

Na última terça-feira (10), um internauta de Itapecuru que preferimos manter o sigilo absoluto  enviou um e-mail para a direção do blog "Alvorada é Noticias" informando de que residências do conjunto Habitacional Benedito Bogéa Buzar estavam sendo alugadas e vendidas. A prova da denúncia é esta foto de umas das casas com uma placa de aluga-se.

Fique sabendo!

De acordo com informações, a Caixa Econômica Federal informa que a negociação de imóvel oriundo de programa habitacional ou mesmo a aquisição do benefício por uma pessoa já possuidora de imóvel é proibida, uma vez que os programas habitacionais de interesse social são destinados a resolver a questão de falta de habitação no país, não sendo, portanto, negociáveis. Os principais critérios para ser beneficiário de uma casa popular é não possuir imóvel e ter renda de até três salários mínimos.

Após o alerta relacionado ao caso que foi denunciado pelo internauta, a equipe de reportagem do Blog "Alvorada é Noticias" procurou a Secretaria de Assistência Social de Itapecuru. Segundo a Coordenadora do setor de habitação do município, denúncias como esta são corriqueiras e que a secretária já perdeu as contas de quantas já foram feitas relacionadas ao conjunto habitacional Benedito Bogéa Buzar na questão de vendas e aluguel de casas  e que diante de tais a mesma informa a própria  Caixa Econômica Federal deixando na responsabilidade da instituição fazer a fiscalização, já que tal responsabilidade cabe ao órgão federal.
 
 
Fawkes Web e Serviços