Social Icons

26 de jun de 2017

UPR de Itapecuru-Mirim promove evento com comidas típicas e literatura de cordel aos internos da unidade

Comidas típicas e literatura de cordel são alguns dos elementos presentes nas tradicionais festas juninas em exposição, na tarde de quarta-feira (21), na 1° Edição do Poetisarte, projeto realizado na Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) de Itapecuru-Mirim. A iniciativa reuniu trabalhos culinários, produzidos pela organização; e artísticos feitos por 23 internos daquele estabelecimento penal.

A programação, que teve início às 14h, foi bastante diversificada. Além de comidas típicas como o bolo de milho, pamonha e pipoca, estiveram à mostra arte em telhas pintadas pelos próprios internos. O carro-chefe do projeto foram os famosos versos de gênero literário do Nordeste do país, conhecidos como literatura de cordel.


“Como foi grande o seu amor minha eterna doutora. Sempre foi a mais bela flor minha musa inspiradora. Mãe com todo carinho. Sempre foi cuidadora”. Esse é um trecho do poema ‘Amor de mãe’, escrito pelo interno Janderson Freitas Pereira, de 29 anos, um dos participantes da programação. 


Os idealizadores do projeto avaliaram com orgulho a ação. “Nossa proposta foi fazer algo inovador e voltado para a cultura popular, e que tivesse como referência, é claro, às festividades juninas. O foco é levar conhecimento aos internos, e conhecimento ao público de tudo o que é feito pelos internos da unidade, dentro da unidade”, disse a idealizadora do projeto, a pedagoga Layla Thaís Furtado de Mesquita.
Foram apresentadas também textos de poesia concreta, desenhos feitos com palavras. Os internos ainda expuseram livros confeccionados por eles. “Paralelo às ações de modernização do sistema prisional, o Governo do Estado tem investido em ações de humanização voltadas aos internos com foco no conhecimento e na libertação, por meio da arte”, destacou a secretária adjunta de Atendimento e Humanização Penitenciária (SAAHP), Odaíza Gadelha.

Os trabalhos desenvolvidos pelos internos da UPR de Itapecuru-Mirim são uma extensão daquilo que eles aprendem na sala de aula. A turma do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) funciona quatro dias na semana: segundas, terças, quintas e sextas.

Fonte:SEAP/MA
 
 
Fawkes Web e Serviços