Social Icons

11 de out de 2017

Acusado de tentar matar a ex-esposa é preso em Miranda do Norte

Por Miranda  do Norte Noticias

Operação policial conjunta deflagrada nesta quarta-feira (11), em Miranda do Norte resultou na prisão de um foragido da justiça acusado de de tentativa de homicídio e Feminicídio. O crime de grande repercussão aconteceu em 30.07.2017 em Miranda do Norte. Homem desrespeita medida protetiva e ataca ex-mulher a golpes de faca em Miranda do Norte

No inicio da tarde desta quarta-feira (11), policiais Civis e Militares de Miranda deram cumprimento a mandado de prisão expedido pela Dra. Layse da 1ª vara da Comarca de Itapecuru-Mirim em desfavor de Carlos Orlando Carvalho, o "PEZETA". 
Comandada pelo delegado Rui Dourado, a operação contou com a participação dos: 
Investigadores DENIS E ADEMAR GUARNICAO: SD PM LISBOA E SD PM MENDES

ENTENDA O CASO

Inconformado com a separação o suspeito passou a ameaçar a mulher, que procurou a justiça e foi beneficiada com uma medida protetiva contra o agressor. Mesmo com a medida protetiva o homem continuou ameaçando a vítima. Temendo pela vida, a mulher foi até a delegacia onde registrou Boletim de Ocorrência contra o ex-marido. No domingo (30/07), por volta das 22h, a vítima foi atacada  a golpes de faca pelo agressor. 

Babyene Feitosa da Luz conversava com um amigo quando foi surpreendida por Carlos Orlando Carvalho ( Peseta), que desferiu vários golpes de faca contra ela e o homem com quem conversava. Segundo informações de familiares, o crime aconteceu em frente a residência da avó da vítima e foi presenciado por várias pessoas que estavam na rua.

Com várias lesões pelo corpo, Babyene foi internada em uma UTI do Hospital Geral de Matões. O rapaz que estava na companhia dela na hora do crime, recebeu atendimento no Hospital Municipal Pedro Vera Cruz e em seguida foi transferido para um hospital em São Luís.

Ainda segundo familiares, depois da separação, já sofrendo ameaças, Babyene se mudou para o Pará, onde permaneceu por três meses. Após o seu retorno para o Maranhão ela conseguiu uma medida protetiva contra ele, porém isso não inibiu o agressor.

"Mesmo tendo medida protetiva contra ele, Babyene vinha sofrendo várias ameaças. Inúmeras vezes ele sentava na porta de um bar que fica quase em frente a casa da avó dela, ficava olhando e gesticulando ameaças. No inicio da semana passada ela foi até a delegacia registrar um B.O, pois ele não respeitava mais a medida protetiva", revelou um parente da vítima que não quer ser identificado. 
 
 
Fawkes Web e Serviços