Social Icons

15 de out de 2017

Preço do botijão de gás em Itapecuru dispara, chega a R$ 82, e deve subir ainda mais

Nova política de flutuação de preços da Petrobras confunde os consumidores, derruba as vendas e preocupa os comerciante

Imagem Ilustrativa
Mais um reajuste  no preço do gás de cozinha em menos de dois meses tem pesado no bolso  dos consumidores.Em Itapecuru-Mirim/MA.Comerciantes que dependem do gás de cozinha tem evitado repassar o aumento aos clientes para não perder vendas.

A Petrobras informou,por meio de sua assessoria de imprensa,que aumento,calculado de acordo com a politica de preços divulgada em junho deste ano,reflete"principalmente,a variação das cotações do produto no mercado internacional".A companhia acrescentou que,como a legislação brasileira "garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados,as revisões feitas das refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor".O impacto no consumo dependerá de repasses por distribuidoras e revendedores,advertiu.

Recentemente.a equipe de reportagem acompanhou as atuações e visitas feitas em alguns estabelecimentos sediados na cidades.E na oportunidades o então presidente do PROCON/MA,garantiu publicamente através da imprensa que a previsão seria,uma redução maior no valor do GLP para os consumidores Itapecuruense.

Diante da situação a população mostrou-se insatisfeita com o trabalho realizado, e com descontos que foram percebidos,após a visita do PRONCON/MA em Itapecuru.E importante destacar,que uma audiência pública foi realizada na Câmara Municipal de Itapecuru,reunindo inúmeros nomes importantes do cenário politico local e a comunidade itapecuruense,como forma de reconhecimento ao trabalho realizado em Itapecuru-Mirim.A onde houve honrarias,ao atual presidente do órgão fiscalizador,Duarte Júnior,que recebeu titulo de cidadão Itapecuruense.

Hoje o preço atual do preço de um botijão em Itapecuru,esta em média R$ 82,00 (Oitenta e dois reais) mas a previsão e que ultrapasse até o fim do ano de acordo com o reajuste mensal feita pela petrolífera e que o botijão de gás de cozinha possa chegar ao preço de R$ 100,00 (Cem reais).Já a Associação Brasileira dos Revendedores de Gás divulgou um comunicado criticando os aumentos abusivos no preço do preço do botijão de gás de cozinha.

Da redação
 
 
Fawkes Web e Serviços