ITAPECURU-MIRIM/MA:COMEÇA NESTA SEGUNDA, O CARNAVAL DE OFERTAS LANDRY MÓVEIS

Aproveite as promoções do Carnaval de ofertas Landry Móveis, unidade de Santa Rita. Você vai comprar a partir desta segunda-feira (25), produtos com até 20% de desconto a vista, ou em 10 vezes no crediário próprio, ou se preferir, use o seu cartão de crédito. 

Então venha para a Landry Móveis e curta seu carnaval com muita economia e alegria. 

Assista o vídeo Institucional da Campanha/2019

Faça nos uma visita...! 

Landry Móveis – O cliente em primeiro lugar! 

Av. Gomes de Souza -Próximo a escola Mariana luz/ Itapecuru Mirim, MA - CEP: 65485-000

MATÕES DO NORTE/MA:Prefeito Domingos Costa entrega o Centro de Ensino Professor Antenor Bogéa

O prefeito municipal de Matões do Norte Padre Domingos Costa, entregou na noite da última quinta-feira (20) o prédio da Escola Municipal Júlia Fonseca que atualmente funciona também o Ensino Médio, cedido ao Centro de Ensino Professor Antenor Bogéa.

A parceria institucional entre Estado e município é algo que acontece de forma harmônica e muito elogiada pela comunidade escolar.

"Em 2018 o prédio tinha sido reformado pelo Estado, ficamos felizes com aquele acontecimento, mas agora em 2019, o Estado pediu a nossa parceria e não medimos esforços, ou seja, assumimos a responsabilidade e hoje está aqui o prédio reformado, em perfeitas condições de uso, em um  simples gesto de demonstração da parceria,  estamos de mãos dadas no aperfeiçoamento da educação" - disse o prefeito.

O prefeito Padre Domingos Costa também anunciou a chegada de novas escolas conseguidas pelo programa "Escola Dignina" do governo do Estado para o município.

O ato solene que marca a entrega da escola e anuncia a retomada das aulas foi bastante prestigiada, entre secretários municipais, assessores, diretores, coordenadores e população presente. A secretária de Educação e primeira dama Gesi Pierot, destacou o empenho da administração para conseguir reformar todas as escolas do município.

Estavam presentes acompanhando o prefeito, a primeira dama e secretária de Educação Gesi Pierot, o presidente da Câmara, vereador Joaquim da Agricultura, o vereador Nilson Grande, a secretaria de Administração e Finanças, Jackliane o diretor do Ensino Médio, professor Felipe Sampaio, a secretária de Saúde, Maria José, o secretário de Infraestrutura, Alves Junior, e o secretário de Assistência Social, Augusto Rocha.

Uma oração marcou o fim da solenidade e o momento das bençãos divinas por mais essa conquista.

#Prefeitura de Matões do Norte
#Semed#Assecom

ITAPECURU-MIRIM/MA:Defensoria Pública recomenda que Prefeito pague salários e 13º atrasados de garis

Defensor Público Alex Pacheco Magalhães.
Um determinado grupo de pessoas se dirigiram ao Núcleo Regional da Defensoria Pública de Itapecuru-Mirim e formalizaram denúncia, destacando o atraso dos salários e do 13º dos garis pela Prefeitura do Município, além de que alguns da referida classe de trabalhadores estariam sofrendo perseguições políticas e ameaças de demissão.

Destacaram ainda que tudo teria sido causado pelo indicativo de greve da categoria, a qual resolveu se manifestar diante da grave situação, colocando inclusive numa faixa que a empresa responsável pela coleta de lixo do Município estaria devendo dois meses e a Prefeitura outros dois, além do 13º dos trabalhadores.

Salientaram que até o presente momento, embora prometido, os garis continuariam trabalhando sem receber, além de muitos sofrerem ameaças de demissão, razão pela qual pediram providências das autoridades públicas.

Após as informações relatadas, o Defensor Público Alex Pacheco Magalhães, oficiou imediatamente a Prefeitura Municipal de Itapecuru-Mirim, requisitando informações, documentos e providências sobre a atual situação dos garis, além de recomendar a regularização financeira da categoria.

Para o defensor Alex, “cumpre informar à população que os trabalhadores, a exemplo dos garis, possuem direitos assegurados constitucionalmente, conforme rol enumerado no artigo 7º, da Constituição Federal de 1988. Além disso, o artigo 9º da Carta Fundamental e o artigo 1º da Lei nº 7.783/1989 estabelece que ‘É assegurado o direito de greve, competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender’.”

“O gari exerce um papel relevante na manutenção da limpeza urbana e rural de nossas cidades. Eles são aqueles que fazem o que ninguém quer fazer: coletar lixo. Assim, a Defensoria Pública estará acompanhando de perto a situação dos garis e das demais categorias, sempre em busca da garantia e promoção dos direitos dos vulneráveis e hipervulneráveis”, pontuou o defensor.

Fonte: Núcleo Regional da Defensoria Pública de Itapecuru-Mirim.

VARGEM GRANDE/MA:Receptadores são presos e produtos roubados são recuperados

A polícia Civil de Vargem Grande não está dando mole para os receptadores de produtos roubados. Já foram vários casos de pessoas conduzidas e presas, que agora respondem através de processos na justiça pelo crime de comprar produtos de origem suspeita na cidade. A pena para este tipo de crime chega de quatro anos a oito anos de prisão. 

Hoje, três caso de receptação foram registrado em Vargem Grande. Segundo o delegado Sousa,  um indivíduos identificado como, Erik Fernandes Santos da Silva foi conduzido e permanece ideias para ganhar dinheiro preso por ter comprado um celular roubado, de um elemento identificado como Leonardo Guilherme Sousa, que também se encontra preso e principal suspeito do furto. Também autuados em flagrante Alexsandro de Sousa Braga por receptação de uma motocicleta subtraída em São Luís. 

A polícia já entrou em contato com o proprietário do veículo para que seja feita a entrega. Segundo o Delegado Sousa, Alexsandro responderá por outros furtos de motocicletas na cidade de Vargem Grande, por ter sido reconhecido em imagens de câmeras de video monitoramento.


Não temos condições de fazer festa', diz prefeito sobre carnaval de Itapecuru

Uma decisão tomada pelo prefeito de Itapecuru, ganhou repercussão na internet. Em nota a Prefeitura de Itapecuru, decidiu que não vai realizar programação de carnaval na cidade em 2019. 

Segundo a prefeitura alega que os reais motivos do fim das festividades carnavalesca, se refere a débitos anteriores oriundos de outras administrações e que a atual gestão foi obrigada a assumir o pagamento em parcelas a fim de evitar o colapso na manutenção das atividades municipais e além da crise econômica, segundo diz a nota emitida através de sua assessoria e compartilhada em redes sócias.

População dividida

A decisão do prefeito dividiu opiniões entre a população da cidade. “Para nós comerciantes, não é legal a falta do carnaval aqui”, diz um proprietário  de um restaurante que  foi pego de surpresa com a notícia do fim das festividades carnavalesca em Itapecuru..

“Eu sou contra tirar da prefeitura para gastar com essas festas porque têm outras prioridades como a saúde e os pagamentos funcional. Eu sou contra”, opina o funcionário público Reginaldo Oliveira.

Inúmeros internautas questiona em redes socias  que o fim das festividades carnavalescas de Itapecuru, atrapalha o mercado informal aonde muitos destes trabalhadores contavam de ter uma renda extra  por conta festa carnavalesca e que diante dos fatos só quem perde e a cidade de Itapecuru pela terceira vez consecutiva com fim do carnaval de Itapecuru. 

Veja a integra da nota abaixo.


Distintos Itapecuruenses

Embora seja conhecedor da relevância das festividades carnavalescas, não só como cultura e lazer, mas também como grande incentivador turístico para o aquecimento da economia do nosso município, haja vista que foi na minha administração que itapecuru-mirim foi consagrado com título de melhor carnaval do maranhão, venho por meio desta nota, comunicar a todos os itapecuruenses a impossibilidade de realizar o carnaval com recursos públicos; decisão está muito difícil, mas a prudência como gestor público me impôs este imperativo.

A crise econômica do país e, consequentemente dos municípios, especialmente, Itapecuru-mirim, tão prejudicado por conta dos diversos débitos do passado, que a atual gestão foi obrigada a assumir o pagamento, parcelado, a fim de evitar um colapso na manutenção das atividades municipais, foi também fator determinante para esta decisão. Esses débitos já ultrapassam os 70 milhões de reais, cujo pagamento mensal é no valor de r$ 343.356,84 (trezentos e quarenta e três mil trezentos e cinquenta e seis reais e oitenta e quatro centavos) oriundos do fundo de participação dos municípios (FPM).

Embora o pagamento do funcionalismo esteja atualizado, é oportuno toda prudência, pois são instáveis os valores dos recursos financeiros municipais, portanto, não é justo nem sensato realizar as festividades carnavalescas sem a adequada condição financeira. Tentamos parcerias com a iniciativa privada, segmentos políticos, dentre outros, mas não conseguimos o êxito desejado.

Mesmo com essa tamanha crise econômica, manteremos, com a proteção divina, nosso entusiasmo em continuar trabalhando para o desenvolvimento harmonioso do nosso município.

Miguel Lauand Fonseca/Prefeito Municipal

Da redação