Social Icons

19 de mar de 2014

REJEITADO

Vereadores derrubam requerimento da Oposição

Foto Eudes Marinho / Itapecuru Agora.com
Apenas Antonio Cardoso (PPS) e Benedito Cunha Mendes (PT) não compareceram na sessão da última segunda-feira (17 de março) na Câmara Municipal de Vereadores. A votação de um requerimento marcou o encontro dos legisladores.

Na última semana, conforme expôs o Itapecuru Agora, o Vereador José Carlos de Araujo Vieira Junior (PTC) mostrou o desejo de ver o Secretário Municipal de Infraestrutura e Urbanismo Wilson Ayres presente na Câmara mostrando quais as ações da secretaria para o ano de 2014, principalmente no que diz respeito a pavimentação das ruas. O vereador levou um requerimento para que fosse votado.
Na defesa, Carlos Junior justificou que, como vereador, está sendo muito cobrado pela população no que diz respeito a esse segmento, e por acreditar que o Prefeito Magno Amorim tenha um plano de ação, almeja ficar a par do mesmo, para que possa estar repassando para todos. O vereador defendeu que tal plano pode conter o avanço da destruição das ruas da zona urbana do município, além de cuidar da manutenção das estradas da zona rural, em especial a do Tingidor e a da Região do Serra – citando as áreas de riscos, especialmente para quem costumeiramente trafega a noite por essas estradas. Carlos Junior voltou a afirmar que o papel do vereador é fiscalizar.
O líder do governo Rogério Maluf Gonçalves (PRP) defendeu a não aprovação do requerimento da oposição. Segundo ele, é inviável taxar a situação do município como caótica, pois a cidade está em período chuvoso, e enxergar significativas mudanças na infraestrutura é muito difícil. O governista disse seguir o pensamento do Prefeito e considera injusta tal apresentação do plano de ação. Rogério lembrou a reforma de ruas com bloquetes, que garantem a durabilidade, e apontou que Itapecuru está localizada em uma macrorregião litorânea, e que não é simples cuidar da pavimentação de ruas em regiões como essa.
Por 8 votos a 2, o requerimento foi rejeitado. Após as defesas pessoais, a sessão foi encerrada.
da Redação
 
 
Fawkes Web e Serviços