Grupo Educacional IPEDE promoveu reunião com coordenadores e prestação de contas do ano e o planejamento para 2020

Hoje dia (15/11) sexta-feira o grupo educacional IPEDE,  realizou sua última reunião do ano de 2019 com seus coordenadores, onde ouve a prestação de contas do ano e o planejamento dos passos de 2020, próximo ano o Instituto IPEDE irá comemorar seus 08 anos de existência, em pouco tempo o IPEDE tem apresentado a sociedade maranhense uma educação técnica diferenciada e tem conquistado o seu espaço no mercado de trabalho, dia 21 de novembro iremos acompanhar mais um reconhecimento Internacional que será realizado em Foz do Iguaçu, parabéns Diretor Dacio, parabéns equipe IPEDE, e parabéns pelo belíssimo trabalho que vens fazendo no estado do Maranhão.

IPEDE prepara os melhores, IPEDE tem selo quality, faça IPEDE você também.

Itapecuru-Mirim/MA:Polícia Civil prende suspeitos de trafico de drogas no Povoado Leite

A polícia civil do Maranhão, através da delegacia regional de Itapecuru-Mirim, em operação  na última quarta-feira do dia (14/11) no povoado leite efetuou as prisões em flagrante delito de Josié Nascimento Carneiro Carvalho, de 27 anos, Carlos Antônio Carvalho Abreu, de 24 anos, Raimundo Erbete Bezerra Barbosa, de 44 anos, e Ilquias Almeida Gonçalves Filho, de 29 anos, pelos crimes de tráfico de drogas e associação para fins de tráfico.

De acordo com o delegado regional Samuel Morita, os acusados estavam no estacionamento de um restaurante e, ao avistarem a equipe policial, tentaram se desfazer de uma porção de droga do tipo maconha, arremessando-a em um terreno baldio, mas foi possível localizá-la, sendo cerca de 150 gramas da substância.

Ainda segundo Morita, os traficantes atuam em Itapecuru, Vargem Grande, Presidente Vargas, leite e toda região. Eles, que possuem diversas passagens pelo mesmo crime e outros também, já estavam sendo investigados há algum tempo. Com eles, ainda foi apreendida a adolescente G.D.L., de 16 anos.

Informações e fotos da 2ª Delegacia Regional de Itapecuru

INVESTIGADOR ‘SANTOS’ GARANTE ORDEM E O SOSSEGO EM PRESIDENTE VARGAS/MA

Por Antonio Carlos

Em presidente Vargas quem não segue as normas de segurança é enquadrado pela força policial, não importa a infração penal.No trânsito, por exemplo, a polícia está sempre nas ruas a fim de controlar a execução das regras estabelecidas na legislação, onde varias motocicletas que circulavam pela cidade de forma irregular foram recolhidas, sem falar nos veículos com registros de roubo. 

Outra ação importante desenvolvida pela polícia do município foi à apreensão de diversas armas de fogo. A ação de desarmamento tem como objetivo prevenir de possíveis atentados contra a ordem pública.Antonio José Santos Silva tem 60 anos de idade e há 10 anos se dedica a garantir a segurança de mais de 11 mil habitantes, a frente da delegacia de polícia civil do município, vindo a elucidar os mais diferentes crimes. 

Conhecido no meio policial como chefe de captura ‘Santos’, o investigador de polícia civil a mais de 40 anos, já passou por diversas delegacias importantes do estado, entre elas podemos citar a roubos e furtos na capital.Santos explicou que o resultado positivo só é possível graças a parceria entre as policias civil e militar que atuam sempre de maneira harmônica.

UBLA NOVO SALÁRIO /ITAPECURU-MIRIM/MA


A PARTIR DE JANEIRO O SALÁRIO MÍNIMO VAI AUMENTAR, ENTÃO QUEM NÃO PODIA FAZER EMPRÉSTIMO JÁ PODE FAZER SEU EMPRÉSTIMO NA UBLA!

A UBLA É A PRIMEIRA EMPRESA DO BRASIL QUE VOCÊ JÁ PODE FAZER EMPRÉSTIMO DO NOVO SALÁRIO, FAZ NA HORA E É CLARO VAI RECEBER PRIMEIRO DO QUE QUALQUER OUTRO LUGAR.

E JÁ ESTÁ CHEGANDO A HORA É EM JANEIRO A UBLA VAI SORTEAR 12 PRÊMIOS DE 1 MIL REAIS, SÃO 12 MIL REAIS EM DINHEIRO PRA VOCÊ!
AGORA SE VOCÊ JÁ PAGA EMPRÉSTIMO SÓ A UBLA REDUZ OS JUROS DA SUA DÍVIDA E AINDA LIBERA UM BOM DINHEIRO PRA VOCÊ PAGAR SUAS CONTAS!

PARABÉNS A UBLA, GANHADORA DO TROFÉU TITÂNIO, ELEITA A MELHOR EMPRESA DE CRÉDITO DO NORDESTE!

No Maranhão e no Piauí, quem não faz empréstimo na Ubla, perde dinheiro!

UBLA DE ITAPECURU MIRIM: AV. BRASIL, EM FRENTE AO MAGAZINE LUIZA  WHATSAPP: 98454-7055

Defensoria Pública recomenda a anulação do concurso público da Prefeitura Municipal de Itapecuru-Mirim(MA) diante de denúncias e irregularidades ocorridas

Imagem Ilustrativa
O Núcleo Regional da Defensoria Pública de Itapecuru-Mirim/MA foi procurado por vários candidatos, os quais participaram do concurso público da Prefeitura Municipal de Itapecuru-Mirim/MA (Edital nº 01/2019), certame ainda em andamento, sendo formalizadas denúncias acerca de irregularidades existentes e suspeitas de fraudes.

O referido concurso municipal inicialmente apresentou incidente de vazamento do caderno de provas na data da realização das provas objetivas, tendo como empresa responsável pela execução do certame o Instituto Coelho Neto.

O concurso acabou sendo suspenso a pedido do Ministério Público, sendo rescindido o contrato com o Instituto Coelho Neto e contratado o Instituto Machado de Assis, este classificado em segundo lugar no processo licitatório.

Mais uma vez na execução das provas objetivas houve novo episódio envolvendo tentativa de fraudes, vazamento de provas e gabaritos, sendo inclusive conduzidas algumas pessoas para a Delegacia Regional da Polícia Civil de Itapecuru-Mirim/MA. Contudo, a fase objetiva acabou prosseguindo e logo na divulgação da lista de resultado preliminar, outros sérios problemas, verificou-se candidatos faltosos com pontuação, candidatos eliminados aparecendo como faltosos e classificação e/ou aprovação de candidatos eliminados por práticas constatadas de fraudes durante a aplicação da prova.

O Instituto Machado de Assis emitiu nota sobre os episódios ocorridos e o certame continuou com a divulgação de novas listas de resultados.

Diante das informações e dos documentos fornecidos pelos candidatos, além das novas denúncias recebidas, o Defensor Público Alex Pacheco Magalhães constatou que as regras estabelecidas no Edital do certame não foram respeitadas; houve falta de transparência e de informação por parte do Instituto Machado de Assis com relação aos requerimentos e pedidos formulados pelos candidatos, muitos inclusive sem respostas; eliminação de candidatos que obtiveram o percentual mínimo estabelecido pelo Edital (50%), sendo que os mesmos deveriam ser considerados classificados, o que não ocorreu; além de detectar sérios indícios de fraudes na organização e execução do certame antes e após a divulgação da lista de aprovados/classificados.

Com a finalidade de garantir e assegurar lisura e transparência do mencionado concurso público, a Defensoria Pública emitiu recomendação à Prefeitura Municipal de Itapecuru-Mirim/MA para anular e suspender imediatamente o respectivo certame, tendo em vista as inúmeras irregularidades observadas.

Também se recomendou que todos participantes do concurso sejam comunicados acerca da anulação e realização de um novo certame (com duração improrrogável de 90 dias), observando devidamente o trâmite do procedimento licitatório e de contratação de empresa lícita e idônea para a execução do concurso, bem como divulgado/publicizado um novo cronograma, assim como sejam atendidos pedidos de reembolso dos valores das inscrições dos candidatos que não tiverem mais interesse em participar do respectivo concurso.

O Defensor Público Alex, “informou que a Prefeitura Municipal de Itapecuru-Mirim/MA terá um prazo de 72 (setenta e duas) horas para acatar a recomendação, sob pena de adoção das medidas administrativas e judiciais cabíveis. Frise-se ainda que o Instituto Machado de Assis além de

apresentar inúmeros problemas em outros concursos públicos que teve participação, recentemente foi alvo da Operação Dom Casmurro, havendo decisão judicial da Justiça da Comarca de Cocal/PI proibindo tal empresa de realizar qualquer concurso público no país, por envolvimento em esquemas e fraudes às licitações”, ressaltou Magalhães.

Fonte: Núcleo Regional da Defensoria Pública de Itapecuru-Mirim/MA