Social Icons

12 de mai de 2015

LUTA CONTRA A EXPLORAÇÃO

 Tem início o Programa Faça Bonito em Itapecuru

Foto:Luis Carlos
O Itapecuru Social Clube estava lotado na tarde da última segunda-feira (11 de maio) para a cerimônia de abertura do Programa Faça Bonito: Proteja Nossas Crianças e Adolescentes. Na solenidade, estavam presentes o Prefeito Magno Amorim, a Secretária Municipal de Assistência Social Wilma Amorim, a Secretária Municipal de Educação Elisângela Marinho, a Secretária Municipal de Governo Gillândia Santos Silva, o Secretário Municipal de Esporte e Lazer Evandro Borges, a Juíza Dra. Laysa de Jesus, a Juíza Dra. Mirela Cesar, o Defensor Público Marcos Patrício Soares e a Promotora Carla Mendes Pereira Alencar, que ministrou uma palestra sobre o papel do Ministério Público no enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes.

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, instituído pela Lei Federal 9.970/00, no dia 18 de maio, é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro. Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, em Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos, que foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune. A intenção do dia é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes.

Para o programa em Itapecuru, que terá a duração de uma semana, ainda estão previstas palestras com alunos nas escolas e com as famílias nas associações de bairros, além de uma grande caminhada pelas ruas da cidade. O Conselho Tutelar de Itapecuru enalteceu o trabalho feito no município e pediu que todos não tenham medo e denunciem. Wilma Amorim afirmou que exploração sexual é um problema de toda a sociedade e que a secretaria não medirá esforços para não deixar impunes atos tão banais.

As denúncias de casos de violação desses direitos podem ser das seguintes formas: discagem direta e gratuita para o número 100; envio de mensagem para o e-mail disquedenuncia@sdh.gov.br; ou pelo site www.disque100.gov.br.

Informações do Itapecuru Agora
 
 
Fawkes Web e Serviços