Social Icons

20 de set de 2017

Juiz aposentado ameaça presidente do TJ de morte e desafia polícia maranhense em áudio

O juiz aposentado Erivelton Cabral foi preso na tarde desta segunda-feira (18) após cumprimento de um Mandado de Prisão Preventiva expedido pela juíza Ana Lucrécia, da Primeira Vara Criminal. Ele tentou assassinar o irmão, Elton Cabral, no Iate Clube de Imperatriz. A vítima foi atingida no abdômen e não corre risco de morte.

O juiz foi preso enquanto prestava depoimento na Delegacia de Homicídios e solto logo em seguida.

Em um áudio supostamente divulgado na tarde desta terça-feira (19), o ex-juiz afirma que ficou apenas duas horas e meia na companhia do delegado. Erivelton diz que durante este tempo dava dicas ao delegado de como “sair da p… da Polícia”.

Erivelton ainda caçoa do irmão que, segundo ele, tem que trabalhar para ganhar dinheiro enquanto ele “recebe trabalhando ou não trabalhando”.

No áudio ele ainda afirma que “já derrubou uma presidente de Tribunal de Justiça” e que não tem “receio de meter um tiro na cara” do atual presidente. Erivelton finaliza o áudio afirmando que nem toda a polícia do Maranhão é capaz de segurá-lo.

Do Informante/Jornal Pequeno.
 
 
Fawkes Web e Serviços